Prefeito Dr. Tadeu lê mensagem anual na Câmara Municipal de Caicó nesta tarde de segunda-feira e afirma que já cumpriu 80% do seu plano de governo

5 de fevereiro de 2024

Aconteceu nesta tarde de segunda-feira, 05, a mensagem anual da Prefeitura Municipal de Caicó. Após cumprimentar os vereadores e demais presentes, o primeiro gesto do prefeito de Caicó, Dr. Tadeu, foi se solidarizar com o vereador Dedé Boneleiro, que perdeu o filho recentemente, e pediu um minuto de silêncio aos presentes na Câmara de Vereadores de Caicó, antes de fazer a Leitura Anual diante do legislativo caicoense e cidadãos presentes e que acompanharam pelas redes sociais.
Em seguida, o prefeito afirmou: “sabemos a importância da transparência da gestão com a sociedade civil e aqui estamos para prestar contas do ano de 2023. Quero dizer que já cumprimos cerca de 80% do nosso plano de governo”.

O prefeito destacou que o início do quarto ano de mandato ganha relevância como a gestão que mais pavimentou ruas em Caicó. Fez um registro do cuidado com a saúde e o trabalho de resgate de autoestima do povo de Caicó, que está voltando a ter orgulho de ser caicoense. O prefeito foi enfático: “resgatamos não somente a grandiosidade das nossas festas populares, como a Festa de Santana e, neste ano, o maior carnaval da história de Caicó, como também, estamos restaurando a história da nossa cidade, com a reforma de praças, a exemplo da Catedral e do Coreto, a reforma do açougue, a construção da alameda gastronômica e tantos outros pontos”, disse Dr. Tadeu.

O prefeito destacou a saúde, finanças, educação, infraestrutura e serviços urbanos, assistência social, trabalho, habitação, administração, turismo, cultura, entre outros.
Ao final, Dr. Tadeu agradeceu a todos que contribuíram para o desenvolvimento de Caicó, desde a equipe administrativa, o vice-prefeito Toinho Santiago, vereadores, secretários municipais, parlamentares estaduais e federais, ao Governo do Estado e ao Governo Federal. Para o prefeito, esta junção é fundamental para Caicó continuar avançando em 2024 e nos anos que se seguem.
Em anexo o discurso na íntegra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *